Centros Culturais de Ribeirão Preto adotam aulas virtuais

Com a necessidade de distanciamento social, oficinas culturais são realizadas online

Divulgação/PMRP

Para garantir a continuidade das atividades dos Centros Culturais frente à declaração de estado de calamidade pública no município de Ribeirão Preto e a determinação de isolamento social consciente, o projeto “Fortalecimentos dos Centros Culturais”, realizado pela Secretaria Municipal da Cultura, migrou para plataforma virtual. Essa é uma forma de garantir o acesso dos alunos às oficinas culturais mesmo em meio à quarentena instaurada devido à pandemia do coronavírus, COVID-19.

A migração de formato compõe uma das ações da Cultura para garantir o acesso aos bens culturais nesta necessária situação de distanciamento social. Professores dos Centros Culturais Campos Elíseos, Quintino Facci II, Vila Tecnológica e CEU das Artes montaram grupos virtuais com seus alunos e postam as aulas elaboradas semanalmente. As aulas de dança são postadas às segundas e quartas-feiras; as de música às terças e quintas-feiras; e as de artes às sextas-feiras.

A adaptação do projeto beneficia crianças e adolescentes e tem sido um sucesso. Os pais e responsáveis encaminham vídeos aos professores demonstrando a adesão ao novo formato e a evolução dos alunos. Os vídeos das aulas estão sendo postados também nas páginas dos Centros Culturais no Facebook.