Ribeirão Preto reforça estrutura de atendimento de saúde com hospital de retaguarda

Cidade registrou 300 casos positivos de COVID-19 e oitos óbitos pela doença; disponibilidade de leitos de UTI é de 79%, e de enfermaria, de 82,4%

Alexandre de Azevedo

A prefeitura de Ribeirão Preto está investindo na reforma, adequação, mobiliários e equipamentos do hospital de retaguarda Francisco de Assis, que será assumido pela administração municipal, para reforçar a capacidade de atendimento do serviço público de saúde da cidade.

Durante anúncio do boletim epidemiológico desta segunda-feira, 4 de maio, que registra a confirmação de 300 casos de COVID-19 e oito óbitos pela doença em Ribeirão Preto, o prefeito Duarte Nogueira falou sobre os novos leitos que serão abertos em breve no município.

“O hospital deve ficar pronto essa semana e terá capacidade para 31 leitos, divididos em dois blocos, sendo que o bloco A tem capacidade para duas enfermarias e o bloco B terá capacidade para três enfermarias”, disse o chefe do Executivo.

Dados sobre o funcionamento do Polo COVID-19, instalado na UPA da avenida Treze de Maio, também foram informados pelo prefeito. O total de atendimentos no mês de abril foi de 1.633 pessoas, das quais 74 apresentaram com sintomas graves.

Nogueira também falou sobre o estudo realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em parceria com o Hospital das Clinicas e a prefeitura de Ribeirão Preto, que coletou de exames de 685 pessoas durante o final de semana prolongado e terá os resultados divulgados até o final da semana. “O subtotal que nós temos aponta uma média de 2% de presença de contato com o vírus, ou seja, um baixo nível de contato da população com o SARS-COv-2”, informou.

O chefe do Executivo ainda comentou que recorreu ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para suspender a liminar que impediu a adequação do funcionamento dos serviços essenciais na cidade e destacou o saldo da campanha Ribeirão Solidária.

Até esta segunda-feira, dia 4, foram recebidas 12.637 cestas de alimentos em doação, das quais 11.683 já foram entregues aos beneficiários, R$ 127.326,00 em doação de recursos financeiros e cadastrados 100 voluntários para as ações da campanha.