TIM Brasil fecha o primeiro trimestre de 2020 com alta de 8,3% no lucro líquido

Operadora destaca a resiliência das operações, resultado do engajamento de todos os seus colaboradores nas dificuldades do cenário de pandemia

O mundo vive o desafio de enfrentar o novo coronavírus. A pandemia traz consequências sociais e econômicas, mas também ressalta a importância das telecomunicações. Para preservar a segurança dos seus funcionários e, ao mesmo tempo, focar nas demandas dos clientes e colaborar com a sociedade, a TIM implantou uma série de medidas.

São alguns exemplos a adoção imediata do home office para 9.600 colaboradores, concessão de bônus de internet para clientes e parcerias tecnológica de apoio ao combate da COVID-19, como a firmada com a Prefeitura do Rio de Janeiro para mapear a mobilidade populacional ou a conexão de hospitais de campanha em São Paulo.

Em meio a esse cenário, a companhia apresenta os resultados do primeiro trimestre, demonstrando solidez e resiliência com números positivos nas principais frentes de negócio. A operadora registra no período EBITDA normalizado(1) de R$ 1.926 milhões, alta de 8,0% na comparação anual, e Margem EBITDA de 45,7%, com crescimento de 3,1 pontos percentuais. O lucro líquido normalizado(1) cresce 8,3% quando comparado ao 1T19 e fecha em R$ 164 milhões.

A receita de serviços registra aumento de 1,7% em comparação com igual período de 2019 – chegando a R$ 4.091 milhões – impulsionada pela receita líquida do móvel, com expansão de 1,2% ano a ano. A ultra banda larga fixa é destaque: alta de 29,1% na receita de TIM Live na comparação anual.

(1)Os valores indicados como normalizados foram ajustados para efeitos não-recorrentes.

“Chego ao meu primeiro ano à frente da TIM no momento em que o mundo enfrenta uma pandemia, na qual as exigências do isolamento social colocam o setor de telecomunicações como serviços essenciais. Assim, ao apresentar os resultados do trimestre, antes de destacar números, preciso agradecer aos colaboradores e parceiros, que trabalham incansavelmente para garantir que a sociedade continue conectada, além de cuidar da sustentabilidade do negócio. A nossa performance segue em evolução, o que só é possível com o comprometimento de todo o time. O combate ao coronavírus nos obriga a reavaliar metas e projetos, mas também revela oportunidades. O legado será a transformação digital, mais rápida e corajosa. E teremos papel crucial nesse novo mundo”.

PIETRO LABRIOLA – CEO da TIM BRASIL

Novas Soluções

Para continuar na sua jornada em busca de soluções inovadoras, a TIM reforça  presença em outras frentes de negócios, investindo em parcerias para diversificar e oferecer novos serviços aos seus clientes.

A operadora fechou acordo com o C6 Bank, um dos maiores bancos digitais do Brasil. A iniciativa cria uma oferta integrada de telefonia e serviços financeiros, iniciativa inédita no país, que será lançada em breve.

Outra importante parceria do período foi fechada com o Google Cloud, plataforma de nuvem do Google, para impulsionar as estratégias de big data, analytics e machine learning. A ferramenta oferecerá insights importantes na gestão da base de clientes e criação de novas ofertas, cada vez mais aderentes às necessidades dos usuários.

No agronegócio, a TIM assinou um contrato com a Citrosuco para cobrir um total de 1,9 milhão de hectares de área produtiva com a rede 4G. O acordo inclui a maior planta de processamento de suco de laranja do mundo, localizada em Matão (SP). A TIM é líder no segmento e já cobre mais de cinco milhões de hectares no País.

Base de valor

Aumentar a rentabilidade da base de clientes com propostas de valor é ainda mais relevante em um cenário econômico desafiador. A TIM segue focada nessa estratégia e, mais uma vez, traz indicadores positivos no pós-pago, com adição de 1,1 milhão de novas linhas no último ano, alta de 5,3%.

O segmento já representa 41% do total de acessos – um recorde na história da operadora –, com 21,7 milhões de clientes. O TIM Black Família impulsiona essa evolução, alcançando a marca de 500 mil usuários. Como consequência, o ARPU móvel mantém sólido crescimento de 4,8% ano a ano, chegando a R$ 23,9.

A ultra banda larga fixa também continua entregando resultados significativos. No primeiro trimestre de 2020, são 584 mil assinantes, aumento de 20,2% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os acessos com velocidades superiores a 100 Mega são 36% do total, impulsionando o ARPU em 6,1%, atingindo R$ 84,5.

A cobertura do serviço alcançou 26 cidades com a inclusão do município mineiro de Betim. Dessas, 24 já contam com a tecnologia FTTH, que responde por 28 mil novos acessos no trimestre e 124 mil no último ano.

A internet fixa com maiores velocidades e qualidade vem sendo um diferencial durante o isolamento social, garantindo não só o trabalho e educação remotos, mas também lazer para as famílias. No início de abril, foi lançado um novo portfólio de TIM Live, com ofertas simples e acessíveis e mais conteúdos de entretenimento.

Evolução do relacionamento digital

Os canais digitais da TIM seguem em evolução e o crescimento deve ser ainda mais acelerado devido ao isolamento social para combate ao coronavírus, que mantém lojas físicas fechadas na maioria dos estados brasileiros. Usuários únicos do MEU TIM tem alta de 19% na comparação com o primeiro trimestre de 2019, enquanto as interações no call center caem 24,9%. O período também registra aumento na adesão à fatura online (+12,3%) e pagamentos digitais (+11,7%).

Fortes investimentos em tecnologia a serviço do País

A TIM mantém a liderança na tecnologia 4G, com 3.506 municípios cobertos, o que representa 94% da população urbana do país. No trimestre, a operadora celebra 100% de cobertura de quarta geração no Paraná e Santa Catarina e já conta com cinco estados brasileiros – incluindo São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo – completamente conectados ao 4G.

A companhia ressalta os fortes investimentos em projetos de infraestrutura, com mais de 90% do Capex do 1T20 sendo alocados para expansão de fibra óptica, refarming de frequência, virtualização de data centers e compartilhamento de rede. O destaque é a aprovação por unanimidade pela Anatel do acordo com a Vivo no último dia 30, que prevê uma rede 2G única que será implementada em áreas onde as duas empresas já atuam, em todo território nacional, e uma single grid 3G/4G para cidades com menos de 30 mil habitantes.

A operadora também se destaca ao disponibilizar em tempo real informações que podem contribuir na contenção da COVID-19. A TIM fechou parceria com a Prefeitura do Rio de Janeiro, em continuação ao acordo firmado em 2016, quando foi pioneira no País ao desenhar um mapa de calor para a gestão urbana. Sucessivamente, as principais operadoras do Brasil se uniram e criaram um sistema único para potencializar esta ferramenta estatística, em um ambiente aberto e acessível pelas autoridades sanitárias, de governo e de pesquisa, com dados totalmente anônimos e agregados, em linha com as normas da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Sobre a TIM

A TIM segue com sua missão de conectar e cuidar de cada um para que todos possam fazer mais. Para isso, atua focada nos pilares estratégicos de oferta, infraestrutura, eficiência e experiência do cliente, com base em uma cultura interna de accountability e na mudança de processos e plataformas que permitam a transformação digital. A empresa é desde 2015 líder em cobertura 4G no País e referência nas tendências do mercado, em linha com a assinatura da marca: “A inovação não para”.

A companhia é a única do setor de telecomunicações a integrar o Novo Mercado da B3, reconhecido como nível máximo de governança corporativa, além de estar há 12 anos seguidos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE): é a operadora por mais períodos consecutivos nesta carteira. Também é primeira empresa de telefonia reconhecida pela Controladoria-Geral da União (CGU) com o selo “Pré-ética”, iniciativa que existe com o objetivo de promover um ambiente corporativo mais íntegro, ético e transparente. Para mais informações, acesse: www.tim.com.br

Sobre o Instituto TIM

O Instituto TIM (www.institutotim.org.br) tem como missão criar e potencializar recursos e estratégias para a democratização da ciência, tecnologia e inovação, promovendo o desenvolvimento humano, utilizando a tecnologia móvel como um dos principais habilitadores. Define sua atuação em projetos focados em quatro pilares: Ensino (projetos educacionais para crianças e jovens); Aplicações (soluções tecnológicas); Inclusão (ações pró-cidadania) e Trabalho (novas oportunidades de atuação e capacitação).

Em parceria com diversas instituições federais e aproximadamente 70 secretarias municipais e estaduais, como de Educação, Cultura e Planejamento em todo o País, as ações do Instituto TIM já alcançaram cerca de 500 municípios, em todos os 26 estados e Distrito Federal, beneficiando mais de 700 mil pessoas, especialmente, crianças de 6 a 12 anos.