Ônibus voltaram a circular depois de um dia de paralisação em Ribeirão Preto

Sindicato diz que empresas se comprometeram a pagar salário de abril nesta terça 12/05

Edson Silva/Folhapress

Sem salários de abril, motoristas entraram em greve nesta segunda-feira (11). Consórcio diz que finanças estão em colapso após queda brusca no volume de passageiros diante da pandemia. Funcionários fizeram manifestação contra a falta de pagamento de salários, sem ônibus, terminal de embarque ficou vazio.

De acordo com o Sindicato dos Empregados em Empresas de Transporte Urbano e Suburbano de Passageiros (Seeturp), o prazo para o pagamento venceu no dia 7 de maio, moradores que precisaram usar o transporte público tiveram que improvisar para chegar ao trabalho.

Greve no transporte coletivo chega ao fim após acordo, o consórcio PróUrbano, se comprometeram em fazer o pagamento dos funcionários referente a abril ainda na manhã desta terça.