Saúde testa abrigados na Cava do Bosque para Covid-19

Foram testados 118 pessoas em situação de rua e 30 funcionários do complexo esportivo; nenhum caso testou positivo

Divulgação/PMRP

Na manhã desta sexta-feira (29), a Secretaria Municipal da Saúde realizou o teste do novo coronavírus (Covid-19) em 118 pessoas em situação de rua abrigadas no Complexo Esportivo “Elba de Pádua Lima – Tim”, a Cava do Bosque, devido à pandemia, e 30 funcionários. Nenhum caso testou positivo.

 

 

A ação realizada em parceria entre as secretarias da Assistência Social e de Esportes e o Instituto Limite testou pessoas com e sem sintomas. Além do teste sorológico, já feito diariamente nos abrigados, a triagem e casos sintomáticos são imediatamente encaminhados ao Polo Covid-19.

 

 

Na ocasião, também foram realizados vacinação contra gripe (H1N1) e testes para sífilis e HIV em todas as pessoas em situação de vulnerabilidade social.

 

 

As ações de testagem nesse público, explica o secretário municipal da Saúde, serão executadas com mais frequência, levando em consideração que essas pessoas entram e saem do abrigo.

 

“Identificar as pessoas que podem estar infectadas pelo vírus e, dessa forma, tomar as providências necessárias para evitar o contágio nas ruas e no próprio abrigo”, explica o secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini.

 

Àqueles confirmados com a doença, sejam sintomáticos ou assintomáticos, a Assistência oferece acolhimento na Casa de Passagem, onde o usuário do serviço ficará isolado no quarto por 15 dias, com banheiro privativo, realizando as refeições em embalagens descartáveis. Suas roupas não serão colocadas em contato com as dos demais, bem como as roupas de cama.