Centro Pop realiza cadastro na Praça Schmidt para refeições gratuitas no Bom Prato

Ação do Governo do Estado beneficiará 200 pessoas em situação de rua que não estejam abrigadas nos serviços de acolhimento da Secretaria da Assistência Social

Alexandre de Azevedo/PMRP

Com o objetivo de ampliar o alcance àqueles que se enquadram nos critérios para realizar refeições gratuitas no Bom Prato, o Centro POP, Centro de Referência Especializado para Atendimento à População em Situação de Rua da Secretaria Municipal da Assistência Social, disponibilizou uma equipe na Praça Schmidt para cadastrar pessoas em situação de rua que não estejam abrigadas nos serviços de acolhimento da Semas. A ação ocorreu nesta terça-feira (23) e será repetida no local na próxima quinta-feira (25), das 9h às 12h e das 13h às 16h30.

A medida, prevista até 31 de julho, contemplará 200 pessoas em Ribeirão Preto e é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo. O cadastramento teve início na semana passada e, até o momento, cerca de 70 pessoas já estão habilitadas para fazer as refeições gratuitamente.

“É um auxílio fornecido em Ribeirão Preto que irá permitir que essas pessoas tenham direito à alimentação todos os dias. Montamos um ponto de atendimento na Praça Schmidt por ser um lugar de grande circulação e a nossa expectativa é que os 200 beneficiados sejam cadastrados até o final desta semana”, afirmou o secretário da Assistência Social, Guido Desinde Filho.

Por dia, o Bom Prato irá oferecer três refeições gratuitas, sendo café da manhã, almoço e jantar, mediante apresentação de um cartão com QR Code. O Centro Pop é a unidade de referência para cadastro dos beneficiados, sendo que a ação tem sido divulgada pelas equipes do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS).

“É uma iniciativa de extrema importância, pois é preciso atender, inclusive, aqueles que não acessam os serviços de acolhimento do município. Muitas vezes, a pessoa em situação de rua opta em não ir, ou não permanecer em acolhimento, onde são ofertadas as refeições. Portanto, é mais uma forma de garantir o direito de qualquer cidadão a ter uma alimentação, principalmente durante a pandemia”, afirma.

Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), em abril a Semas realizou uma parceria com a Secretaria Municipal do Esportes para oferecer atendimento às pessoas em situação de rua na Cava do Bosque, com capacidade para 130 acolhidos por dia. A Pasta também oferece acolhimento 24h às pessoas em situação de rua na Casa de Passagem. Os locais oferecem refeições, banho e dormitório. O Centro POP atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com refeições, banho, dormitório e atividades.

Caso algum munícipe perceba uma pessoa em situação de rua, a orientação é entrar em contato com o Fale Assistência Social, por meio dos telefones 161 e 0800 77 30 161, para informar a localização.

Ações da rede Bom Prato
Desde o início de abril, os 59 restaurantes Bom Prato passaram por rápidas adaptações para servir as refeições para viagem, em embalagens e com talheres descartáveis, com o objetivo de evitar aglomerações. O horário de atendimento também foi ampliado, sendo os cafés da manhã das 7h às 9h, almoços das 10h às 15h, e jantares das 17h30 às 19h, ou enquanto houver refeições disponíveis.