Prefeitura lança Programa Escola na TV para alunos da rede municipal de ensino

A partir de agosto, aulas complementares serão transmitidas na TV Câmara, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h; medida garante inclusão no ensino

Fernando Gonzaga/PMRP

A Prefeitura de Ribeirão Preto lançou nesta sexta-feira (17) o programa Escola na TV, uma parceria entre a Secretaria da Educação e a Câmara Municipal. A partir de agosto, os cerca de 47 mil alunos matriculados na rede municipal, desde o Ensino Infantil à Educação de Jovens e Adultos, terão acesso a aulas complementares transmitidas na TV Câmara, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

O evento foi realizado por videoconferência e contou com a participação do prefeito Duarte Nogueira, do secretário da Educação, Felipe Elias Miguel, do presidente da Câmara, Lincoln Fernandes, e do promotor de Justiça Naul Felca.

A gravação e transmissão ocorrerão nos estúdios da TV Câmara, tanto com aulas ao vivo, com possibilidade de interação simultânea entre alunos, professores e até mesmo familiares, quanto com conteúdos gravados cedidos por parceiros da Secretaria. Além disso, será criado um canal de WhatsApp para envio de perguntas e compartilhamento de conteúdo. O programa contará com intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) e poderá ser acessado pelos canais 31.4 na TV Digital, canal 9 no Ao Vivo TV, e nas páginas do Facebook e Youtube sob o nome Escola na TV Ribeirão Preto.

“O programa Escola na TV é uma ação complementar às medidas tomadas pela Prefeitura desde que as atividades presenciais foram suspensas em decorrência da pandemia do novo coronavírus. O objetivo é oferecer igualdade de condições para o acesso ao ensino, visto que parte dos alunos não tem acesso à internet, permanência na escola, orientar famílias e auxiliar alunos na realização das atividades escolares, fortalecer o vínculo entre escola, alunos e famílias, além de difundir protocolos e medidas para a prevenção ao contágio do novo coronavírus”, afirmou o prefeito Duarte Nogueira.

O horário de transmissão será divido para cada etapa de ensino e trabalhará com os temas: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e temas transversais. Outros conteúdos poderão ser oferecidos como reforço, por exemplo, aulas de Libras para os estudantes da Educação Especial. As programações serão divulgadas com uma semana de antecedência aos pais e alunos.

A parceria será mantida no período pós-pandemia como alternativa para oferecer atividades pedagógicas complementares, mitigando e corrigindo as consequências da defasagem na aprendizagem dos alunos da rede municipal.

“O objetivo do programa é oferecer conteúdo educacional de qualidade para ser veiculado na TV aberta como estratégia para o ensino remoto. Não pretendemos substituir o conteúdo que está sendo oferecido pelas escolas, mas complementar as atividades com foco em todos os alunos com conteúdos alinhados ao referencial curricular do município”, disse o secretário da Educação, Felipe Elias Miguel.

Ensino remoto
As aulas presenciais da rede municipal de ensino foram suspensas em 23 de março, após publicação do decreto de estado de calamidade pública que interrompeu o funcionamento dos serviços não essenciais em Ribeirão Preto devido à pandemia do novo coronavírus. A partir daquela data, as escolas municipais adotaram a modalidade de ensino remoto, numa parceria entre diretores e vice-diretores das unidades escolares, coordenadores pedagógicos, docentes e Secretaria da Educação para planejar ações e atividades.

O Programa Escola na TV soma-se às parcerias firmadas com o Google for Education e com o Centro de Mídias, do Governo do Estado de São Paulo, que possibilitam outras ferramentas de transmissão e realização das atividades pedagógicas não presenciais. Os estudantes que não têm acesso à internet, ou mesmo celular ou computador para acompanhar as atividades, têm a opção de retirar os conteúdos impressos na escola.