Projeto de judô utiliza a internet e garante aulas gratuitas para mais de 130 crianças e jovens do jardim do trevo

Reunião online comandada por Rogério Quintela com participação dos judocas assistidos pelo projeto.

O projeto “Judô: Um Golpe de Solidariedade – Ano 4” precisou se reinventar para garantir a continuidade das aulas gratuitas de judô. São mais de 130 crianças e jovens atendidos, que moram no bairro Jardim do Trevo, em Ribeirão Preto, inscritos na Alvorada, duas vezes por semana.

O objetivo do projeto, comandado por Rogério Quintela, membro do corpo discente da Academia Brasileira de Treinadores do Comitê Olímpico do Brasil, é promover a inclusão social por meio do esporte aos jovens em situação de vulnerabilidade. A iniciativa dá condições e oportunidades para uma nova perspectiva de vida, além de fortalecer valores que contribuem para a formação como amizade, coragem, disciplina, entre outros.

Durante a pandemia, as aulas são enviadas pelo celular, duas vezes por semana, por meio de grupos no aplicativo WhatsApp. Também são realizados encontros ao vivo, cada um em sua casa, com a participação de todos para troca de informações, explicar as maneiras de evitar a Covid-19, a importância do distanciamento social etc. “Este ano tivemos que mudar nossa forma de trabalhar, dar aulas e interagir com os judocas. Mas, nosso compromisso de estarmos juntos, reforçar todos os valores e a importância do esporte e lutar por um futuro melhor está mantido”, explica Rogério Quintela.

O projeto Judô: Um Golpe de Solidariedade – Ano 4 tem produção executiva da Origem Produções, patrocínio do Grupo RTE Rodonaves Transportes e apoio da empresa Rodonaves Corretora de Seguros, por meio do SELJ – Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude.

Mais informações sobre o projeto “Judô: Um Golpe de Solidariedade – Ano 4” podem ser obtidas pelo e-mail quintelaro@gmail.com .

A Creche Alvorada fica na Rua Alfredo Baldo, 41, Jardim do Trevo.  Mais informações pelo site http://crechealvorada.org ou pelo telefone (16) 3617-0919