Retomada econômica exigirá postura responsável da população

Com taxa de ocupação de UTI em torno de 70%, Ribeirão Preto pode avançar de fase no Plano São Paulo

Alexandre de Azevedo/PMRP

Confiante no avanço de fase no Plano São Paulo e na retomada de atividades econômicas a partir da próxima sexta-feira, 8 de agosto, a Prefeitura de Ribeirão Preto reiterou a importância do comportamento responsável por parte da população para que a cidade saia de vez do vermelho. Nesta quarta-feira, dia 6, o prefeito Duarte Nogueira falou sobre a queda da taxa de ocupação dos leitos de UTI por pacientes com COVID-19, hoje em torno de 70%, e ressaltou que é preciso pensar coletivamente para que a cidade permaneça na rota de retomada econômica.

“Tenho convicção de que iremos sair da fase vermelha já na sexta-feira. Não podemos jogar isso fora, não devemos menosprezar o vírus, baixar a guarda e desconsiderar o perigo de uma nova alta de casos e internações”, disse o chefe do Executivo.

Pelo boletim epidemiológico divulgado nesta quarta, Ribeirão Preto registrou mais 324 casos positivos de COVID-19, atingindo 15.060 casos da doença, e 13 novos óbitos, perfazendo o total de 416 mortes.

“Cada um de nós precisa redobrar os cuidados de higiene, o uso de máscaras, o distanciamento social e ter uma atitude civilizada, de respeito ao coletivo, para que nossa cidade e nosso comércio não sejam mais penalizados do que já foram até agora”, acrescentou o prefeito.

Desde o início da pandemia, o número de leitos de UTI exclusivos para pacientes com o novo coronavírus triplicou em Ribeirão Preto. Na terça-feira (4), foram abertos 13 novos leitos no Hospital das Clínicas, que passou a contar com 89 vagas para tratamento de casos graves da doença.

“Pra que a gente possa ir mais longe, precisamos seguir juntos”, concluiu Nogueira.