Operação Independência detém 410 pessoas no feriado em São Paulo

Ação para apoiar prefeituras mobilizou 20 mil policiais

Polícia Rodoviária Federal

Durante o feriado prolongado de 7 de setembro, entre a noite de sexta-feira (4) e ontem (7), 410 pessoas foram detidas ou presas no estado de São Paulo na Operação Independência. Desse total, 100 eram foragidos da Justiça.

A Operação Independência foi uma iniciativa do governo paulista para apoiar as prefeituras e tentar impedir a aglomeração de pessoas no litoral, já que isso facilita a disseminação do novo coronavírus. Para a operação foram mobilizados 20 mil policiais. O feriado, no entanto, foi de praias lotadas e grandes congestionamentos nas rodovias paulistas.

Durante a operação, foram apreendidos 397,9 quilos de drogas e 30 armas de fogo, segundo dados fornecidos pela Secretaria de Segurança Pública. Também foram autuados 528 motoristas por consumo de álcool, recusa ao teste do bafômetro e embriaguez ao volante. A Polícia Militar informou ainda que recuperou 96 veículos produtos de roubo ou furto. Além disso, foram feitos 647 salvamentos e 3.541 resgates.

Nas estradas paulistas, foram aplicadas 26.031 multas por excesso de velocidade; 8.267 pela não utilização do cinto de segurança e outros dispositivos de retenção; e 2.357 por ultrapassagens pela contramão de direção.