Esquetes teatrais reforçam a importância de identificar os sintomas do AVC

9

De acordo com o Ministério da Saúde, anualmente, 100 mil pessoas morrem em todo o país, devido ao AVC (Acidente Vascular Cerebral). Visando minimizar esses números e diminuir os riscos e sequelas do derrame cerebral, a Unimed Ribeirão Preto promove neste ano uma campanha de conscientização sobre este grave problema de saúde. A ação teve início no dia 20 de outubro (terça-feira) no Hospital Unimed e surpreendeu pela criatividade e veia artística, com apresentações de esquetes teatrais que levaram informação e entretenimento aos colaboradores de toda a cooperativa. Foram três dias com apresentações, envolvendo tanto equipes assistenciais quanto profissionais das áreas administrativas.

A encenação foi apresentada pela Motiva Produções e contou com os atores Ana Ise e Marcos Melo, que interpretaram dois personagens centrais: o anjinho e o diabinho. Os dois, através de um texto lúdico e engraçado, ressaltaram os sintomas, os procedimentos necessários quando ocorre o AVC e a importância de se receber um socorro urgente.

Lucilena Françolin, do departamento de Qualidade, aprovou a iniciativa da campanha e comentou que o Hospital Unimed Ribeirão Preto é uma referência no atendimento ao AVC, alertando a população de que essa expertise precisa ser lembrada na hora de socorrer um paciente durante o acidente vascular cerebral. “A campanha é muito importante dentro e fora do hospital, para que as pessoas consigam, cada vez mais, reconhecer os sintomas e estar atentas à necessidade de procurar por um hospital o mais rápido possível, evitando sequelas e perdas de vidas”, comenta.

Conscientização com humor
O publicitário e ator Rodrigo de Oliveira Alves, responsável por adaptar o roteiro do esquete e treinar os dois atores em cena, diz que a ação foi um desafio e trouxe aprendizados até para a equipe teatral. Ele garante que as pequenas cenas teatrais bem humoradas sempre potencializam a absorção do aprendizado do público. Rodrigo reflete que, em dias de pandemia, quando todos passam por uma certa fragilidade emocional, a arte associada ao humor tem um poder de fixar o conhecimento de forma mais leve, fazendo com que os participantes tenham um momento de alívio, saindo da rotina.

A enfermeira Camila Sousa achou bem válida a experiência. Ela, que atua há sete meses no Hospital Unimed Ribeirão Preto, diz que a área assistencial precisa de momentos como esse para sair da zona de tensão que é inerente à profissão. Camila comenta que já participou de outros treinamentos fornecidos pela cooperativa e que essas oportunidades de capacitação dão um importante respaldo para o trabalho diário da equipe. “Treinamentos e atividades como o esquete realizado impactam positivamente na qualidade do nosso trabalho”, destaca.

Julia Carvalho Mafra Terra, supervisora do Educa (Educação Continuada Corporativa) explica que o intuito de abrir a campanha com os esquetes foi chamar a atenção do público interno sobre a importância de estar preparado para lidar com a ocorrência do AVC e alertar sobre os seus riscos.

A campanha segue com outras atividades na próxima semana, quando o calendário aponta o dia 29 de outubro como Dia Mundial de Conscientização sobre o AVC. Estão previstos treinamentos de cunho técnico e teórico e uma aula especial. Para Julia, cada fase da campanha é muito importante para que todos os colaboradores estejam preparados para atender da melhor forma aos casos que chegam ao hospital com os sintomas. “Nossa intenção é que todos saibam identificar o AVC com segurança e que dominem os protocolos de atendimento”.

A supervisora esclarece que o Educa desenvolve treinamentos de forma continuada, sempre buscando levar conhecimento aos colaboradores e valorizar o conhecimento prévio deles. “Nosso papel significativo é transformar a prática, possibilitando a superação contínua para que cada colaborador entenda sua importância na nossa rede de atendimento e que tenha a consciência de que cada um faz um pouco para marcar a vida de um paciente”.

Julia ainda esclarece que a campanha segue as diretrizes e protocolos presentes no DNA da Unimed que visa cuidar integralmente da saúde das pessoas, promover a prevenção e salvar vidas. “Um dos objetivos é esclarecer ao público interno e à toda população que em casos de AVC qualquer minuto e toda atenção podem ser determinantes nesta nossa busca”, conclui.

Sobre o Hospital Unimed Ribeirão Preto
Com o foco total no paciente, o Hospital Unimed Ribeirão Preto conta com estrutura de excelência e uma equipe multiprofissional pautada pelos mais modernos protocolos assistenciais, prezando pela humanização no atendimento, com segurança e eficiência.