Baristas do Grupo Utam participaram de treinamento no Sindicafé

4

A equipe de baristas do Grupo Utam participou de curso profissional nos módulos básico e avançado no Sindicafé-SP (Sindicato das Indústrias do Café do Estado de São Paulo), em São Paulo, capital. A intenção foi de proporcionar aos seus profissionais uma atualização com as mais modernas tendências de preparação de bebidas à base de café, a partir da vivência e aprendizado com especialistas renomados da área. O curso foi ministrado pelos baristas Cecília Sanada (também avaliadora de café certificada pelo Coffee Quality Institute) e com o instrutor, torrador e provador, Danilo Lodi.

Eder Garcia, um dos baristas do Grupo Utam, também fez a capacitação. Ele trabalha na empresa há mais de 20 anos e diz que o mercado cafeeiro acompanha constantemente as novas tecnologias e tendências, por isso destaca a importância da equipe ter novos aprendizados com especialistas de alto nível. “Hoje, o mercado de café está cada vez mais focado em inovação. Por isso, precisamos estar sempre atentos às mudanças no preparo de bebidas e drinks, bem como no domínio de maquinários”. Para ele, novos estudos, além de uma visão macro do que está acontecendo no mercado, proporcionam mais confiança para falar sobre o café e para atuar como barista.

“Além de nossa equipe, nossos clientes também vão ganhar e se beneficiar com esta atualização”, comenta. Os baristas que participaram dos treinamentos são responsáveis por atender a clientes e a treinar equipes de cafeterias e pontos de vendas. Eles preparam outros profissionais a lidarem com a extração de café em máquinas profissionais, sempre apresentando novos métodos, bem como possibilidades de drinques e bebidas, além de ensinarem como se montar um cardápio adequado para cada formato de cafeteria”, completa.
O primeiro curso, foi ministrado por Cecília Sanada e abordou a história do café, desde a planta, as espécies e as variedade de cada região; além de como obter certificação de qualidade. O módulo também trabalhou questões sobre o consumo da bebida, a profissão de barista e a hospitalidade da máquina de espresso. Moagem, vaporização de leite, bebidas à base de espresso e métodos de preparo também foram abordados.

A segunda parte do curso foi com o instrutor Danilo Lodi que trouxe uma programação com técnicas de extração de espresso, variedades, processos e conclusões científicas sobre o grão de café. As aulas abordaram também as tendências mundiais e aromas do café, além de uma introdução ao cupping, com diagnóstico de máquinas de espresso e tipos de moedores, química da água, métodos de filtrado, o uso do leite e a limpeza.

A profissão barista
Reconhecida e inscrita na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) desde 2013, a profissão de barista é especializada em cafés de alta qualidade e também atua centrada na criação de bebidas baseadas no produto café utilizando licores, cremes, bebidas alcoólicas, leite, entre outros.

Os primeiros registros da profissão surgiram nos anos de 1990 e, desde então, houve crescimento no consumo de cafés especiais. O termo tem origem italiana, mas é aplicado a atendentes de bares que servem desde o espresso até bebidas alcóolicas em geral, como o bartender. Nos dias de hoje, a profissão é designada a profissionais especializados em café, que atuam em cafeterias e empreendimento relacionados.

QUEM SÃO OS PROFESSORES DO CURSO
Cecília Sanada é barista e avaliadora de cafés, certificada pelo Coffee Quality Institute. Ingressou no mercado em 2007. Eleita melhor barista do Brasil pela revista gastronômica Prazeres da Mesa, participou de concursos brasileiros de café nas modalidades barista, brewers (preparo e serviços) e cup tasters (provas de café) até assumir a posição de juíza certificada da competição BSCA/WCE. O conhecimento adquirido aos longos dos anos a fez entender todo o processo, da semente à xícara do consumidor a nível mundial. Instrutora e consultora de qualidade no mercado brasileiro e internacional.

Danilo Lodi é barista, instrutor, torrador e provador – desde 2004 estuda todos os processos, envolvendo o café desde plantação, processos de secagem, torra, maquinário, técnicas de extração, tendências mundiais e comportamento de consumidores ao redor do mundo. Consultor de cafeterias, torrefações, fazendas, curadoria de grãos verdes e vasta experiência como juiz de campeonatos nacionais e mundiais, treinador de competidores em campeonatos ao redor do mundo – treinador dos últimos dois campeões brasileiros de barista (2019 & 2020), de um finalista e um semifinalista do Mundial de Baristas (WBC 2019) e um campeão mundial (WBC 2012).

Sobre o Grupo Utam
Idealizado no final de 1969, com início das atividades em 1970, o Grupo Utam está sob domínio acionário da atual direção desde 1985. Nestes quase 50 anos de atuação no mercado brasileiro, a empresa adquiriu alta performance na região sudeste e ampliou frentes de abrangência em outros Estados. Hoje, possui uma capacidade produtiva de mais de 1.400 toneladas/mês em dois modernos parques industriais. A empresa possui extenso portfólio de produtos e serviços e marcas consagradas por seus consumidores.

Entre as 15 maiores indústrias do setor
O Grupo Utam está posicionado no ranking nacional da ABIC (Associação Brasileira da Indústria do Café) na 14ª posição dentre as quase de 1.400 indústrias do setor, das quais 405 são afiliadas à entidade. A empresa tem acumulado certificações de referência que destacam marcas e produtos do mercado cafeeiro: os selos UTZ, BSCA (emitido pela Associação Brasileira de Cafés Especiais) e IBD.