Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto anuncia nova mudança na diretoria

Dulce Neves retoma à presidência da entidade. Adriana Silva, que assumiu a presidência de forma interina nos últimos meses, assume o cargo da vice-presidência, ao lado de Edgard de Castro

Dulce Neves
4

A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto oficializa nova mudança no quadro diretivo da instituição. A partir desta terça-feira, dia 1º/12, a jornalista Dulce Neves – que estava afastada desde o mês de julho por assuntos pessoais, assume novamente o cargo de presidente da entidade. A educomunicadora e curadora da 20ª FIL, Adriana Silva, que atuou como presidente interina neste período, retorna ao cargo de vice-presidente da Fundação, ao lado de Edgard de Castro, e Viviane Mendonça se mantém na superintendência.

Dulce Neves está de volta em um momento que a Fundação contabiliza, só neste ano de 2020, mais de 80 atividades oferecidas no novo formato digital, o que possibilitou à instituição interagir com mais de 25 mil pessoas através do projeto 40tena Cultural, que tem como proposta oferecer cultura, debate e entretenimento em ambientes on-lines. “Nossa proposta será sempre a de democratizar o acesso à cultura e à leitura. Vamos continuar oferecendo entretenimento de qualidade, de forma gratuita. Temos um longo caminho a percorrer pela frente, com novos desafios e muitas novidades para 2021”, destaca a presidente da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto.

Dulce Neves assumiu a presidência da entidade em 2018 e segue até o dia 14 de agosto de 2021.