Mutirão recolhe mais de 6 toneladas de possíveis criadouros do Aedes em RP

A ação aconteceu nos bairros bairros Jardim do Trevo, Jardim Interlagos, Parque São Sebastião e Vila Abranches

Divulgação
5

Mais de 130 profissionais do Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde realizaram, neste sábado, dia 16 de janeiro, um mutirão de limpeza contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e de outras doenças. As ações foram concentradas nos bairros Jardim do Trevo, Jardim Interlagos, Parque São Sebastião e Vila Abranches.

Foram utilizados 9 caminhões para o recolhimento de 6 toneladas de possíveis criadouros do mosquito, dos quais foram retirasos 4.500 quilos de material inservível, além de 237 pneus localizados em 3.448 imóveis vistoriados pelos agentes de combate a endemias, supervisores de campo e coordenadores. Outras 16 viaturas também derem suporte ao mutirão para o recolhimento dos materiais.

Neste mutirão contra a dengue, foram recolhidas 10 toneladas de material, mais de 100 pneus e eliminados 205 focos do Aedes aegypti. O trabalho irá continuar nas próximas semanas, em outros pontos da cidade.

“É fundamental que os munícipes também colaborem abrindo suas casas para os agentes e separando para recolhimento os materiais que possam acumular água parada”, orienta a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde (DVAS), Luzia Márcia Romagnoli Passos.

Além do arrastão as equipes da DVAS recolheram 130 pneus em um terreno baldio na avenida Patriarca com a avenida Pedreira de Freitas. Todos pneus jogados a céu aberto, ocasião que foram encontrados 100 focos do Aedes aegypti