Prefeitura apresenta diretrizes para contenção do novo coronavírus

As regras seguem o Plano SP e foram divulgadas em coletiva de imprensa

Alexandre de Azevedo/PMRP
4

A prefeitura apresentou em uma coletiva de imprensa, na tarde desta sexta-feira, 29, os procedimentos que devem ser adotados em Ribeirão Preto por conta da reclassificação da região compreendida pela DRS- XIII no Plano SP. Participaram da coletiva o prefeito Duarte Nogueira, o secretário de Governo, Antônio Daas Abboud, e a secretária da Saúde em exercício, Jane Aparecida Cristina.

De acordo com o Plano SP, a região de Ribeirão Preto passa a cumprir as regras da fase vermelha, mais restritiva e que visa combater de forma mais rígida o avanço nos casos de coronavírus. Durante o período em que a cidade permanecer na fase vermelha, fica autorizado o funcionamento apenas dos serviços essenciais, de acordo com o alvará, como farmácias, supermercados, feiras livres, serviços de saúde em geral, academias de esporte, salões de beleza, postos de combustíveis, lojas de materiais de construção, oficinas mecânicas entre outros.

Os restaurantes, padarias e similares estão autorizados a funcionar para take out, drive-thru e delivery. Já o comércio em geral e bares podem funcionar apenas para delivery e drive-thru.

Durante a coletiva, o chefe do Executivo apresentou dados do aumento no número de leitos que serão disponibilizados na próxima semana. “Nas últimas três semanas nós abrimos 73 novos leitos, o que representa um aumento de 74% no número de leitos só na nossa cidade. Então hoje nós estamos com 172 leitos em Ribeirão Preto. O HC anunciou que abrirá 20 leitos, e destes, cinco serão abertos já na segunda-feira. O hospital Santa Lydia abrirá sete leitos, o hospital Ribeirânia abriu cinco leitos hoje e vai abrir mais cinco na segunda-feira, a Beneficência Portuguesa abrirá mais quatro leitos também, então teremos nos próximos dias uma expansão considerável nos leitos de nossa cidade”, disse o prefeito.