Começa concretagem do túnel que ligará as avenidas Independência e Presidente Vargas

Obra irá beneficiar entre sete e nove mil usuários do transporte coletivo e cerca de 5,4 mil veículos; previsão de conclusão é para o primeiro semestre de 2022

Alexandre de Azevedo/PMRP
1

A concretagem do túnel que permitirá ligação direta entre as avenidas Independência e Presidente Vargas começou nesta sexta-feira, dia 5 de fevereiro. Aproximadamente 150 metros cúbicos de concreto foram utilizados para fundir a base da obra, que tem 50 centímetros de altura.

Ao todo, serão 375 toneladas de aço, cinco mil metros cúbicos de concreto, 28 mil metros quadrados de pavimentação e dois quilômetros de galerias para drenagem de águas pluviais, um investimento de R$ 19.882.700,02 (com o processo licitatório, foi possível ter uma economia de 22,65% no valor total da obra, que era de R$ 25.706.975,99).

O prefeito Duarte Nogueira, que acompanhou o início da concretagem, ressaltou que a obra é complexa e importante do ponto de vista da segurança e fluidez viária. “A concretagem inicial prevê 45 mil litros de concreto para fazer a base do túnel e, depois de solidificada, iniciar a fase estrutural das paredes”, explicou.

Com 10% das intervenções concluídas, a obra faz parte do Programa Ribeirão Mobilidade e terá 180 metros de extensão, oito metros de largura e duas faixas para quem vem da avenida Independência, passando por baixo da Praça Salvador Spadoni, terminando na avenida Presidente Vargas, entre a João Penteado e a Eliseu Guilherme.

Dentro do túnel haverá iluminação, três claraboias de ventilação, uma passarela de segurança de 1,2 metro de largura e trânsito livre, com semáforos apenas na parte externa.

A previsão é que a obra beneficie diariamente entre sete e nove mil passageiros do transporte coletivo urbano, além de um fluxo de veículos nos horários de pico de 2,4 mil no sentido da Presidente Vargas e três mil na Independência.

Programa Ribeirão Mobilidade
A Prefeitura conta com cerca de 90% das obras do Programa Ribeirão Mobilidade licitadas e em processo de licitação. São mais de 30 intervenções viárias planejadas para garantir mais acessibilidade, segurança no trânsito e qualidade de vida à população de Ribeirão Preto.

O investimento total se aproxima de R$ 500 milhões, sendo R$ 310 milhões em recursos do governo federal e, o restante, do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) e outras agências de crédito.

Ao todo, serão implantados 11 corredores de ônibus em Ribeirão Preto, num total de 56 quilômetros percorrendo as principais avenidas do município, além de pontes, túneis e viadutos para proporcionar maior conforto à população de Ribeirão Preto.