Araraquara decide prorrogar lockdown contra covid-19 até sábado

O índice de isolamento social foi abaixo do esperado

© Divulgação/Prefeitura de Araraquara
8

A prefeitura de Araraquara, no interior paulista, decidiu na tarde de hoje (23) prorrogar o lockdown contra a covid-19 – iniciado no último domingo – até as 6 horas do próximo sábado (27). Dessa forma, permanece ativo o isolamento total na cidade, com a proibição da circulação de pessoas e veículos em vias públicas.

No decreto de prorrogação do lockdown, publicado na tarde de hoje, a prefeitura justifica que a decisão foi tomada em razão de a rede pública e privada de saúde no município ter entrado em colapso devido ao aumento do número de casos de covid-19. Segundo balanço da administração municipal, todos os leitos de enfermaria e UTI destinados ao atendimento de pacientes com covid-19 estão 100% ocupados.

A prefeitura disse ainda que, apesar do início do lockdown ao meio dia do último domingo, o índice de isolamento social registrado no dia pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE) foi de 49%, abaixo do considerado ideal, acima de 60%.

“No mês de agosto de 2020, pico da doença em Araraquara até então, chegamos a ter 50 (cinquenta) leitos de enfermaria e 14 (quatorze) leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados, enquanto que, em 23 de fevereiro de 2021, temos 169 (cento e sessenta e nove) leitos de enfermaria e 74 (setenta e quatro) leitos de UTI ocupados, o que representa um aumento de 270% (duzentos e setenta por cento) de leitos de enfermaria ocupados e 370% (trezentos e setenta por cento) de aumento de leitos de UTI ocupados”, destacou a prefeitura no decreto.

Até o momento, no município, foram registrados 181 óbitos decorrentes de infecções com o novo coronavírus (covid-19).No ano de 2020, morreram em Araraquara 92 pessoas vítimas da covid-19.

Nesta terça-feira, Araraquara registrou mais 179 casos positivos da covid-19. Além desses, mais 11 foram confirmados em laboratórios da rede complementar particular, totalizando 190 novos casos. Desde o início da pandemia, o município já registrou 13.683 casos da doença.