Plano SP: Governo reclassifica fases e Ribeirão Preto regride para fase vermelha

Taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado está em 69,9% e na Grande São Paulo, 69,4%

4

Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (29) o Governo de São Paulo anunciou a reclassificação de algumas regiões do estado no Plano SP.

78% da população (10 regiões) paulista está na fase de alerta do plano de reestruturação econômica e 22% (7 regiões) enfrentam as medidas mais restritivas. As regiões de Presidente Prudente e Sorocaba, que se encontravam na fase vermelha voltaram para a fase laranja. Já a região de Ribeirão Preto apresentou piora e passará para a fase vermelha.

Durante as duas últimas semanas, segundo o governador João Doria (PSDB), houve um decréscimo de casos, internações e óbitos por Covid-19. No momento, a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Estado está em 69,9% e na Grande São Paulo69,4%.

“Quero ressaltar que ainda está em um patamar muito elevado, seja em São Paulo ou no Brasil, portanto, é preciso manter cuidado, zelo e atenção, principalmente no uso de máscaras ao saírem de suas casas, dos seus ambientes de trabalho, em não participarem de aglomerações, utilizarem álcool em gel e a lavagem de mãos na maior frequência possível”, afirma Doria.

A secretária de desenvolvimento econômico Patrícia Ellen, lembra que “as medidas estão sendo tomadas sempre no momento correto, na dose correta e com um resultado muito importante que nós estamos registrando agora”.

Fase vermelha

Só permite funcionamento normal de serviços essenciais como farmácias, mercados, padarias, lojas de conveniência, bancas de jornal, postos de combustíveis, lavanderias e hotelaria. Já comércios e serviços não essenciais só podem funcionar com retirada na porta, drive-thru e entregas por telefone ou aplicativos.

Fase laranja

Academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, concessionárias, escritórios e parques estaduais podem funcionar por até oito horas diárias, com atendimento presencial limitado a 40% da capacidade e encerramento às 20h.